Terça, 23 de Julho de 2024
19°

Tempo limpo

Patos, PB

Geral Nota

Unifip divulga nota de pesar pela morte de Antônio Monteiro, um dos fundadores da instituição

Antônio Monteiro tem um papel importante na história do Unifip, sendo um dos fundadores da Fundação Francisco Mascarenhas

28/06/2024 às 10h50
Por: Ricardo Souza Fonte: Ricardo Souza
Compartilhe:
Unifip divulga nota de pesar pela morte de Antônio Monteiro, um dos fundadores da instituição

É com profundo pesar que o Centro Universitário de Patos recebe a notícia do falecimento do senhor Antônio Monteiro da Nóbrega, de 87 anos, ocorrido na manhã desta sexta-feira (28), em sua residência, na cidade de Patos.

Seu Antônio Monteiro, como era conhecido por todos, tem um papel importante na história do Unifip, sendo um dos fundadores da Fundação Francisco Mascarenhas (FFM), ao lado do senhor José Gomes Alves. 

Graduou-se na turma pioneira do curso de Economia e durante décadas desempenhou a função de diretor financeiro da Instituição. Seu compromisso e dedicação foram fundamentais para o desenvolvimento da instituição, deixando um legado que será lembrado por gerações. 

Este ano, durante um evento realizado para colaboradores, alusivo aos 60 anos do Unifip, seu Antônio Monteiro foi homenageado com uma comenda, em reconhecimento à sua importante contribuição para o crescimento da Instituição.

Neste momento de dor, expressamos nossas mais sinceras condolências à sua esposa Ednalva Alves Monteiro, aos filhos José Alberto, Marcos Antônio, Edvania Monteiro e Rayane Monteiro, extensivo aos demais familiares, amigos e a toda comunidade acadêmica.

O velório acontecerá a partir de meio-dia no Parque da Paz e o sepultamento, às 17h, no cemitério São Miguel. Que o exemplo de Antônio Monteiro, de determinação, honestidade e comprometimento, continue a inspirar a todos nós.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários